Posts de blog

Seu sonho em trabalhar nas áreas sociais a levou para a carreira de Internacionalista

De Itaquera – São Paulo, temos a bolsista Ana Beatriz, de 17 anos, que conheceu o Projeto Gauss através de amigos. Seu objetivo é cursar Relações Internacionais, pois tem o desejo de exercer trabalhos sociais relacionados a esta área.

Beatriz

Nos tempos livres, Beatriz costuma assistir peças teatrais e visitar exposições culturais. Além disso, adora fazer trilhas e conhecer novos lugares que contenham natureza. Seu local preferido é uma praia, chamada Barequeçaba, de São Sebastião – SP.

Tem como maior virtude a empatia, e as maiores inspirações são os seus pais, pelo fato de que “eles passaram e passam por muitas dificuldades, porém não desanimam, correm sempre atrás dos seus objetivos, sempre fazendo o melhor”, disse.

Segundo a jovem, o maior orgulho sobre si mesma é poder “trilhar meu caminho, com muito esforço, sendo bolsista aqui e ali, e aos poucos conquistando os meus sonhos” salientou.

Seus livros favoritos são “O Pequeno Príncipe” e “O Código da Vinci”. E seu estilo musical é eclético, com preferencia o pop e músicas nacionais, tendo como bandas preferidas: Rubel, Vanguart e The Vamps.

– Quer conhecer mais sobre o Projeto Gauss?

Clique aqui e fique por dentro! 

Com ótimos resultados o Projeto mostra seu potencial de crescimento

Foi no ano de 2014, quando quatro estudantes da Escola Politécnica da USP, se solidarizaram com a história de vida de dois irmãos que sonhavam em cursar engenharia e decidiram levantar fundos para financiar os estudos destes jovens.

Inicia-se o Futuro Politécno, primeiro nome antes de se tornar Projeto GAUSS, que já no ano de 2015 se formaliza enquanto associação, recebendo o título de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público.

Foto2

Contando com o aumento do grupo de pessoas engajadas que subiram para 10 integrantes e tendo quatro jovens beneficiados.

No ano de 2016 o projeto superou as barreiras geográficas expandindo para o estado de Sergipe, onde 43,5% da população viviam em situação de pobreza neste mesmo período, de acordo com o critério adotado pelo Banco Mundial, segundo pesquisa analisada pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPLAG).

Com o aumento contínuo da rede de colaboradores e doadores, nove bolsistas e parcerias importantes como o Colégio Master na cidade de Aracaju, as empresas Take 5 Produtora e Distribuidora de Armações LP Optical, o GAUSS foi contemplado com o Prêmio Funcionário Apresenta do Instituto Credit Suisse (ICSHG)

O projeto continuou a todo vapor no ano de 2017, entrando as primeiras bolsistas mulheres, totalizando 14 jovens, além de aparecerem as primeiras histórias de sucesso de ex-bolsistas que ingressaram em universidades públicas de qualidade.

foto1

Os fundos da ONG aumentaram através das redes de doadores, e também com o início da campanha de Crowdfunding, e pela segunda vez consecutiva receberam o Prêmio Funcionário Apresenta do Instituto Credit Suisse (ICSHG).

E finalmente chegou em 2018 se expandindo para Brasília e com números impressionantes. Segundo o diretor presidente do GAUSS, Samuel Guimarães, “o resultado do projeto em relação à expectativa inicial já é melhor que o esperado”.

Além destes avanços, neste ano ocorreu as primeiras parcerias com cursinhos em São Paulo (Anglo, Intergraus, CPV), e BSB (Podium) e com as empresas DescobrirLab Coaching, Cursinho Online do Prof. Otávio e Explicaê.

Estes dados demonstram um Projeto em expansão, e a expectativa de um 2019 promissor.

Confira este super Infográfico que descreve a força do Projeto em números:

InfograficoCapa InfograficoFoto1 InfograficoFoto2 InfograficoFoto3 InfograficoFoto4 InfograficoFoto5 InfograficoFoto6