VICTOR OLIVEIRA, estudante de medicina na UFS

“Meu nome é Victor, sou natural de Aracaju. Ao 3º ano do ensino médio, enquanto a prova do ENEM se aproximava, eu não tinha condições de arcar com as despesas de um curso que me oferecesse o suporte necessário para passar em Medicina. Então, através de uma professora do colégio onde estudava, conheci o projeto Gauss e fui aprovado, tendo garantido uma alternativa no caso de não passar no exame daquele ano. E foi exatamente o que aconteceu: ao final do ano letivo, tendo morado no interior do estado durante aqueles últimos 8 anos, mudei-me novamente para Aracaju, onde prestei o assistente, conseguindo a desejada aprovação em Medicina ao final do ano.

Hoje, sou estudante do 4° período da Universidade Federal de Sergipe, e sinto-me honrado em ter feito parte desse projeto tão importante na minha trajetória.”

DIEGO TELES, estudante de medicina na UFS

“Me chamo Diego, sou de Muribeca-SE. Sempre fui estudante de escola pública estadual e sempre tive dificuldade com o ensino em si. Tive professores que muito me incentivaram, alguns até se dispondo de horário extra para me estimular a estudar mais profundamente e a participar de concursos literários e olimpíadas, nos quais me destaquei.

Mesmo com todo esse auxílio, ainda possuía déficit educacional. Com o Gauss, eu tive a oportunidade de suprir essa demanda. Passei a me sentir realmente pronto para almejar algo grande, e pude escolher uma graduação condizente com meus gostos, e não apenas com o que eu achava que poderia conseguir. Hoje sou estudante de medicina da Universidade Federal de Sergipe.”

VINÍCIUS OLIVEIRA, estudante de engenharia na UFS

“Meu nome é Vinícius, tenho 21 anos e moro em Aracaju, cidade onde nasci. No tempo que eu conheci o Gauss, tinha 17 anos e estava concluindo o ensino médio. Quando entrei no projeto, fiquei muito feliz em saber que teria uma nova chance para melhorar minha base de conhecimentos, que até então apresentava algumas falhas, por causa dos problemas que eu enfrentei nas escolas anteriores. Era uma realidade com a qual eu nunca tinha tido contato. O ensino que eles me proporcionaram foi de alta qualidade, e enfim me senti preparado para ingressar na universidade.

Por fim, fui aprovado em Engenharia Civil pelo Sisu 2018 para estudar na Universidade Federal de Sergipe, curso que faço até hoje. Atualmente, em 2020, terminei o quarto período do curso, e ainda continuo tendo contato com o projeto Gauss e fico feliz pelo grande sucesso que ele está tendo, ano após ano. Sonho em um dia poder ajudá-los em realizar o sonho de pessoas que, como eu, almejam um futuro melhor através dos estudos.”

ANA CAROLINA MARINHO, estudante de Farmácia na USP

“Aos 18 anos, saí da casa onde morava em nome de um sonho: ingressar em uma universidade pública. Acolhida por minha avó e sem recursos para arcar com um curso preparatório privado, passei 2018 inteiro estudando em um cursinho popular e fui convocada para a segunda fase da UNESP. No ano seguinte, no entanto, meu nome não estava na lista de calouros, mas havia sido aprovada para ser bolsista deste projeto incrível e necessário que é o Gauss!

Muito mais do que conceder uma bolsa em um cursinho de ponta, o Projeto Gauss me ofereceu o amparo necessário para que o meu foco fosse 100% os estudos. O programa de mentoria me ajudou demais nos momentos mais complicados do ano e ainda me rendeu dois grandes amigos! O cursinho onde estudei, o CPV, se tornou minha segunda casa. Conheci pessoas incríveis e professores sensacionais. A infraestrutura do colégio certamente me proporcionou estudar no maior conforto! Eu tinha tudo o que precisava para render muito e arrebentar nos vestibulares.

E não foi diferente. Foi sim um ano exigente, puxado e cansativo, mas passei no curso que queria, Farmácia, em três dos quatro vestibulares que prestei: FUVEST (9° lugar), UNESP (5° lugar) e Mackenzie (15° lugar). Eu, que estudei em escola pública a maior parte da vida, hoje estudo na universidade dos meus sonhos, a USP. Só tenho a agradecer ao Projeto Gauss e a todos os envolvidos que me ajudaram a tornar esse sonho realidade, além de me mostrarem a importância de ajudar o próximo. Vocês mudam vidas, e mudaram a minha!”

ANTONIO LIMA, estudante de Medicina na Faculdade Santa Marcelina

“Eu era um louco do interior de Sergipe, Itaporanga D’Ajuda. Sonhava em ser médico. Precisava estudar para alcançar, porém existiam enormes barreiras a serem transpostas. Meus pais, ambos feirantes, me davam todo o apoio para estudar, mas só tínhamos o que comer. No entanto, em 2018, fui aceito no Projeto Gauss e nesse momento me foram dadas todas as ferramentas que eu nunca tive para trilhar meu sonho. Não vou mentir: foi um ano duro. Muitas pessoas não acharam que eu fosse longe, mas meu pais, mentores e amigos que fiz no Gauss acreditaram até o fim e, dessa forma, aquelas barreiras foram transpostas.

Hoje, sou acadêmico de medicina na Faculdade Santa Marcelina em São Paulo e tudo isso foi conquistado com a ajuda do Gauss. O Projeto Gauss me proporcionou oportunidades incríveis, mentores que se transformaram em irmãos, amigos para o resto da vida. Basicamente, o Gauss mudou minha vida e da minha família.”

ARTHUR ARROYO, estudante de Administração na USP

KARINA ONÓFRIO, estudante de Direito na PUC-SP
WALLACE DE LIMA, estudante de Medicina na UFRJ

EDUARDO NASCIMENTO, estudante de Administração na USP

“O projeto me permitiu adentrar em um mundo que eu jamais teria acesso: o mundo da educação de qualidade. Neste mundo, eu sou capaz de questionar, compreender, assimilar e escolher entre as diferentes oportunidades que este novo caminho tem a oferecer. Antes da educação na minha vida, eu estava alheio às condições de um círculo natural da pobreza. Hoje estou no quarto ano de administração na USP e comecei a estagiar em um grande banco de investimentos americano. Antigamente, eu pensava em ganhar muito dinheiro e ser rico. Atualmente, penso de forma diferente, não mais em ganhar dinheiro ou “chegar lá” como principal objetivo. Mudar a vida de inúmeras pessoas com educação é o que realmente importa.”

GABRIEL DE LIMA, estudante de Medicina na Universidade de Brasília

“Conheci o Gauss por meio de um cursinho popular onde eu estudava. Quando recebi a ligação contando que eu seria um bolsista, fiquei feliz num nível indescritível, parecia que eu tinha sido aprovado na federal. Depois que essa excitação pela novidade foi passando, lembro de ter ficado muito preocupado por não saber se eu iria conseguir acompanhar tudo, se o nível seria alto demais. A rotina mais intensa com certeza me ajudou inclusive no pós-cursinho, na faculdade. Eu praticamente não senti muita diferença, pois, em ambas as situações, eu já levava uma rotina mais puxada; essa é uma das coisas pelas quais sou grato ao Gauss.

O projeto me deu apoio financeiro, psicológico (foi a primeira vez que tive contato com uma psicóloga e quando percebi a importância desse cuidado durante esse período tão conturbado que é o vestibular) além da mentoria, outra parte do Gauss que tem um lugar no meu coração.

Durante essa caminhada, é sempre importante saber que tem gente ali torcendo de verdade por você. Gratidão eterna por esse projeto que não só me ajudou a passar em medicina numa universidade reconhecida nacionalmente, mas que mudou e vai mudar mais ainda a realidade da minha família.”


Nicole Cardoso, estudante de Medicina na FM Santa Marcelina
PAULO NETO, estudante na Faculdade de Medicina do ABC

RUBENS DOS SANTOS, estudante de Arquitetura no Mackenzie

“Nasci na comunidade do Jardim Colombo, vizinha da comunidade de Paraisópolis. Estudei minha vida inteira em escola pública na região da zona sul de São Paulo. Trabalhei desde os 17 anos para pagar as contas de casa, visto que minha mãe não podia trabalhar porque cuidava do meu irmão especial. Aprendi muito com meu irmão especial, principalmente em se importar com o que realmente vale a pena: o próximo.

Trabalhei como ajudante de pintor e a partir daí ganhei gosto pela área de construção civil e sempre busquei me especializar mais. Fiz cursos online de pintura e de elétrica no Senai. Me tornei encarregado de reformas aos 21, mesmo ano que me tornei pai e decidi fazer faculdade. Optei por arquitetura e queria fazer no Mackenzie. Com a ajuda do Gauss, pude alcançar esse sonho. Hoje estou estagiando em uma grande construtora e me sentido muito realizado. E o Joaquim, meu filho, vai fazer três anos de idade.”

MARIA DANIELLA DA SILVA, estudante de Medicina na UFS

“O Gauss me proporcionou a oportunidade de estudar em uma das melhores escolas, coisa que meus pais não conseguiriam custear. Sou do alto sertão sergipano, da cidade de Porto da Folha, e sempre estudei na rede pública. Cada um dos meus pais recebem um salário mínimo cada e todo o dinheiro é dividido certinho para cada despesa da casa. Muitas vezes eu estudava no colégio pra não gastar energia em casa e a fatura vir acima do normal, porque eu sabia que doeria no bolso. Com a bolsa, eu consegui ter acesso a materiais e conteúdos de qualidade que me fizeram evoluir.

Era algo tão fora da minha realidade que às vezes não sabia por onde começar, mas tive mentores que me guiaram nessa trajetória, me deram todo o apoio técnico e emocional. Obrigada Flávia e Hans! O Gauss me acolheu muito (mesmo que distante), a exemplo das conversas aliviantes que eu tinha com o Samuel, em que ele frisava a minha evolução. O apoio terapêutico do John também foi um divisor de águas para eu alcançar meu objetivo, me conhecer nunca foi tão importante nessa fase.

Afirmo claramente que o Gauss transformou minha vida pra melhor. Foi além de uma bolsa de estudos: fiz novos amigos, ganhei experiências, me conheci e reconheci a minha força interna. Hoje sou estudante de medicina na Universidade Federal de Sergipe e agradeço ao Gauss por abraçar minha história de vida e meu sonho.”